Guia Scrum

Guia Scrum 2017 em Português

 

Olá Time! A última versão do Guia Scrum acabou de ser lançada hoje (07/11/2017) para várias línguas, inclusive para Português do Brasil. Mais uma vez tive a honra de compor o time brasileiro de tradução da Scrum.org nessa excelente obra. Desta forma, é com grande alegria e orgulho que divido com vocês todas as mudanças do novo Guia Scrum comentadas e explicadas para o uso em nosso dia-a-dia e o link para download do novo Guia Scrum em Português. Espero que gostem 🙂

 

Guia Scrum 2017 – Análise das Mudanças entre os Guias do Scrum 2016 e 2017:

 

Guia Scrum mudança #1: Adicionada a sessão sobre os Usos do Scrum, deixando claro que o Scrum pode ser utilizado em vários tipos de projetos complexos, independentemente de serem de Tecnologia. Nessa lista podemos citar: pesquisa de mercados, desenvolvimento de novos produtos, criação de novos serviços na nuvem, marketing, governo entre outros. Resumindo: onde tem complexidade para ser resolvida, o Scrum ajuda fortemente! Seja pela transferência de conhecimento dentro da equipe, pelas entregas iterativas que mitigam os riscos, ou até mesmo pelo comprometimento e auto-organização das pequenas equipes que o compõem. Esse é um ponto polêmico e sempre muito questionado por meus clientes que desejam Treinamentos de Scrum. E minha resposta para essa questão sempre foi a mesma: “Pode ser usado em qualquer projeto/ produto complexo“. E agora minha resposta ganha ainda mais força por ser evidenciada diretamente no Guia Scrum. Scrum.org, obrigado por nos ajudar a propagar o Scrum \o/ .

Guia Scrum mudança #2: Foi dada mais clareza para a definição do papel Scrum Master, principalmente quando menciona que além de garantir que o processo do Scrum seja praticado e entendido por todos (dentro e fora do Time Scrum), é preciso evitar as interações prejudiciais ao time realizada por pessoas fora do Time Scrum. Isso demonstra que a Scrum.org está antenada com o que ocorre no dia-a-dia dos projetos e equipes. Quem não tem pelo menos uma história com exemplo de pessoas/ interações fora do Time Scrum que ao invés de ajudar, só atrapalham? Nós Scrum Masters precisamos mitigar mais essas situações e garantir que as mesmas não ocorram. Isso está mais do que formalizado nessa nova versão.   

Guia Scrum mudança #3:  Na sessão Scrum Master trabalhando para o Product Owner, foi dada mais clareza para a questão de auxílio do Scrum Master no entendimento do Product Owner em relação ao Produto e seu domínio, garantindo que a Equipe de Desenvolvimento conheça da o melhor possível o produto a ser criado. Nenhuma mudança radical nessa parte.

Guia Scrum mudança #4: Melhoria na Redação sobre a Reunião Diária, no sentido de trazer mais informações que nas últimas versões não estivessem claras, como: A reunião diária também ajuda o time a inspecionar o resultado gerado nas ultimas 24 horas e verificar como estão progredindo em direção à meta da sprint, além de ajudar na performance e na colaboração do time.

Guia Scrum mudança #5: Ainda sobre a Reunião Diária temos uma mudança conceitual interessante. As 3 perguntas que cada desenvolvedor do Time deve responder não são mais definidas, mas sim sugeridas. Lembram-se delas? Eram basicamente: O que fiz ontem para ajudar o Time a bater a Meta? O que farei hoje para isso? Existe algum impedimento para mim ou para o time conseguir bater a meta? Agora essas perguntas são sugeridas. O time que deve verificar a melhor forma de conduzir a reunião diária, a fim de manterem-se alinhados quanto ao trabalho das próximas 24h e na velocidade ideal para alcançar a meta da sprint. Desta forma, caso o time queira trocar as perguntas por outras, ou por uma discussão dentro da equipe, isso pode ser realizado. Lembrando que, o time-box continua o mesmo (15 minutos) independentemente do tamanho do Time de Desenvolvimento (3 a 9 pessoas).

Guia Scrum mudança #6: Adicionado mais clareza sobre o conceito de Time Box
Nesta versão ficou ainda mais claro que o Time Box é um período Máximo que um evento deve durar. Não se trata de um período mínimo, mas sim de um período Máximo de duração do Evento. Em outras palavras, temos que encerrar o evento em um tempo menor ou igual ao Time Box dele, e nunca em um tempo maior.  No módulo Certificações do Treinamento Scrum que ministro faço questão de deixar claro que esse tipo de detalhe como outros também é cobrado na certificação PSM (Professional Scrum Master da Scrum.org), logo conhecer bem a definição e a prática diária faz toda a diferença.

Guia Scrum mudança #7: Adicionado novo ponto no Backlog da Sprint
Esse foi um dos pontos interessantes desta versão. Com a finalidade de manter a melhoria contínua do processo e da equipe, o Guia Scrum agora orienta o time scrum a adicionar na próxima sprint ao menos um item prioritário no que diz respeito à melhoria de processo. Esses itens devem ser obtidos na retrospectiva da sprint e estimulam o time a se manterem sempre evoluindo como um time de alto desempenho.

Guia Scrum mudança #8: Adicionado mais clareza sobre a definição de Incremento
Nesta versão do Guia Scrum a definição de incremento foi refinada com a finalidade de deixar claro que ao final da Sprint o incremento deve ser inspecionável e liberável. Essas premissas garantem que o time possa demonstrar que a meta da sprint foi alcança e a evolução em direção a meta da release. Neste ponto não tivemos muitas mudanças, apenas mais formalização sobre o que é esperado do time scrum.

Conclusão:

Como podem perceber as alterações não foram grandes, mas demonstram total alinhamento da scrum.org com a vivência e a prática do Scrum nas empresas. Não me canso de falar nos treinamentos de scrum que ministro como é bom saber que as pessoas que mantêm o framework Scrum aderente com a realidade escutam de fato a comunidade e o fazem cada vez melhor, versão após versão. Mesmo um algo tão sólido e consistente pode ser evoluído e aprimorado a fim de refletir o que de fato funciona.

Espero que tenham gostado e que apliquem as evoluções no seu dia-a-dia. Precisando de ajuda, contem comigo.

Link para Download Gratuito do Guia Scrum 2017 em Português

Forte Abraço e Let’s GetScrum!
Eduardo Rodrigues Sucena
PSM | PSPO | SPS | ASF | MCP | MBA | Business Analyst

Artigos Relacionados:

  1. Scrum in Company? Por que treinamentos in Company são mais atrativos para Empresas e seus Profissionais?
  2. How to pass Professional Scrum Master I (PSM I) certification test in #6 steps
  3. Professional Scrum Master I (PSM) Simulated Exam Review
  4. Professional Scrum Product Owner (PSPO) Exam Simulator
  5. How to pass Scaled Professional Scrum (SPS) certification test in #6 steps
guia-scrum-em-portugues-2017-download
guia-scrum-em-portugues-2017-download

 

 

 

Leave a Reply